fbpx

Como saber se as tensões do pescoço influenciam na minha dor de cabeça?

  • 7 de outubro de 2019
  • por: Dr.ª Thaysa Greve

A dor de cabeça pode ser tanto o problema principal, quanto apenas um sintoma.

A migrânea é uma dor de cabeça onde ela própria é o problema principal.

Em contrapartida, a dor de cabeça cervicogênica é um sintoma derivado de um problema na coluna cervical.

As duas formas de cefaleia podem coexistir na mesma pessoa, ao mesmo tempo.

As disfunções musculoesqueléticas da coluna cervical podem ser fonte de dor nas duas formas.

Elas geram uma sensibilização do sistema nervoso central e de um nervo específico (trigêmeo), que envia informações para várias regiões da cabeça, da face e da boca, perpetuando a dor.

Como identificar a origem da dor de cabeça?

Uma forma de identificar se os problemas musculares estão associados é pressionar pontos específicos de músculos tensos e verificar se eles alteram a dor (para melhor ou pior).

Se alteram indicam, que músculos estão envolvidos no mecanismo da dor de cabeça.

Outra possibilidade é testar se movimentos de pescoço e cabeça mudam a dor. Se mudam, indicam que a coluna está envolvida no processo causador.

Essa informação foi útil para você? Então compartilhe em suas redes sociais para mais pessoas aprenderem sobre a influência das tensões no pescoço nas dores de cabeça.

Você pode continuar acompanhando o meu trabalho pelo Instagram e Facebook também. 

 

Até mais,

Dra Thaysa Greve
Fisioterapeuta
Crefito 3/120328