fbpx

Dor Pseudovisceral e Referida Visceral

  • 21 de fevereiro de 2019
  • por: Dr.ª Thaysa Greve

Algumas dores abdominais tem causa centrada na coluna.
São dores que simulam uma dor do órgão ou víscera no abdômen, mas estes estão saudáveis, e o que está gerando o incômodo é um problema ou disfunção da coluna vertebral.
Este tipo de dor denomina-se dor pseudovisceral de origem musculoesquelética.
Exemplos deste tipo de dor são aquelas percebidas no abdômen baixo e na coluna lombar, podendo estar acompanhada de dor na face externa da coxa (como se fosse uma tendinite do glúteo), e as vezes no púbis.
Isto ocorre porque a área da coluna que envia inervação para a víscera, também envia nervos para pele e músculos de uma região específica, a qual denominamos dermátomo e miótomo.
No exame termografico, aparecerá a área abdominal e dolorosa fria, e a área correspondente da coluna quente.
Uma contração, tensão ou distensão exagerada da parede de vísceras ocas, também pode gerar dor percebida em uma região muscular ou de pele à distância. Este tipo de dor denomina-se dor visceral referida.
Exemplos deste tipo de dor são as dores cardíacas, percebidas na região do ombro e braço esquerdo. O diafragma (músculo da respiração), quando irritado, também pode gerar dores referidas, geralmente sentidas ao nível do pescoço, pois é daí que sai a sua inervação.

Através de técnicas de osteopatia e terapia manual é possível tratar a dor pseudovisceral e também a dor visceral referida, esta última desde que seja causada por tensão ou contração exacerbada da parede do órgãos devido disfunção.
É importante distinguir a disfunção de uma patologia, sendo que a patologia deve ser diagnosticada e tratada por um médico e a disfunção apresenta bons resultados através de terapia manual.

Dra Thaysa Greve

Fisioterapeuta

crefito 3/120328