fbpx

Nervo Vago: Porque ele é importante para a sua saúde?

  • 19 de junho de 2019
  • por: Dr.ª Thaysa Greve
O nervo vago sai do crânio e desce pelo pescoço e tórax para inervar pulmões, coração, esôfago, estômago, duodeno, fígado, pâncreas, baço, adrenais, rins, intestino delgado e uma parte do intestino grosso.
90% da ação deste nervo é sensorial, ou seja, leva informações das vísceras para serem interpretadas no cérebro. A mesma área do cérebro que recebe estas informações também recebe outros impulsos nervosos, sendo responsável por sono e vigília, sensações dolorosas, regulação do sistema nervoso autônomo, emoções e regulação da consciência e cognição. Portanto, estas funções podem interferir e influenciar umas às outras. Talvez por isso que, muitas vezes percebemos as emoções através do visceral, como um “coração partido”, “borboletas no estômago”, ou até mesmo, uma emoção tão intensa, que acaba sendo denominada de “emoção visceral”.
Os outros 10% da ação deste nervo tem função eferente autonômica parassimpática, ou seja, age no sentido de diminuir a frequência cardíaca, pressão arterial, fazer funcionar o sistema digestivo, entre outros… Em resumo: nos relaxa e faz com que as funções internas sejam equilibradas!

A importância do nervo vago é tão grande que, pesquisadores tem desenvolvido elementos bioeletronicos para estimula-lo. Um artigo publicado na revista nature mostra que a ativação das fibras aferentes do nervo vago gera respostas anti-inflamatórias. Este tipo de estimulação tem sido pesquisada e utilizada para o tratamento de dores crônicas e de patologias, como a artrite reumatoide. Os pesquisadores sugerem até mesmo acrescentar: “inibição da resposta inflamatória” e “melhora da resposta imunológica” à lista de efeitos parassimpáticos do nervo vago.

A fisioterapia, através de terapia manual, pode ser um excelente recurso para realizar a estimulação vagal e melhorar suas aferencias . Exemplos destas possibilidades terapêuticas são as técnicas de liberação miofascial do pescoço, do crânio, da fáscia e musculatura da garganta, mobilização e liberação miofascial da região do esterno e técnicas para melhorar a mobilidade visceral.

Dra Thaysa Ferreira Greve
Fisioterapeuta
Crefito 120328

Referências:
🏻Tracey, K., Ivanova, S; Borovikova.V.; vagus nerve stimulation attenuates the systemic inflammatory response to endotoxins. Nature. 2000.
🏻Tracey, K., the inflammatory reflex. Artigo de revisão. Revista nature. 2002.
🏻Guyton; tratado de fisiologia médica. 2006.

Enviado do meu iPhone